Na cama com Um Cafajeste #8

por: O Cafajeste em 11/nov/2013 | Categorias: Videos


cafa

Para deleite das minhas donzelas eu voltei, uma semana se faz desde a nossa ultima rapidinha e acredito que devemos ir para a cama novamente, mas no esquema de sempre, sem ligações no dia seguinte e sem falar que ama, claro! Venham pra cama minhas desvirginadas de mamilos rosados que o papai aqui vai começar!

 

 

Email 1: 

“Querido cafajeste,estou ficando com um rapaz há 5 meses,ele não quer namorar, não sai comigo, não dorme na minha casa e diz que não faz essas coisas porque não é meu namorado mas age como. Nós falamos o dia inteiro, damos satisfações de tudo e quando eu falo que fico com outros homens e transo com mais de um homem ao mesmo tempo, ele fica com ciumes e bravo. Me sinto no direito de fazer isso porque afinal eu faço TUDO na cama e quando digo tudo é tudo mesmo, como não ganho nada em troca dele eu transo com outros. Ele sabe mas não sabe. Afinal qual é a dele? Se estamos juntos ha 4 meses e agimos como namorados em certos pontos, porque não namorar?”

R: Bom, a resposta dessa é mais fácil de que tentar transar com a mãe de um amigo, obviamente que o sujeito não te merece, ele fica bravo quando você diz que transou com vários homens ao mesmo tempo? Que lastima! Todo mundo sabe que está super na moda liberar geral não é mesmo? Sou completamente contra essa história de relacionamentos, e pense bem, se começar a namorar vai perder as farras, acho que putaria nunca é demais e por isso a solterice  deve ser preservada,  e obviamente que quando for fazer mais um bacanal me chame viu!  

 

 

Email 2:

“Ola Cafa, meu nome é Fernanda, e sempre gostei de ficar solteira, afinal quem ta solteira nunca fica só não é kkkk Porem ha um  tempo fui em uma festa e conheci um cara, estamos juntos faz um mês e loucos pra transar, o problema é q nao temos um lugar e eu ja estou ficando louca sem sexo, ele é super cafajeste, e confesso q sou um pouco tbm, e pra piorar ele esta me tratando mal, oq eu faço? Dou pra outro pra suprir a necessidade? E quanto a frieza dele? Preciso de sua ajuda, se nao publicar meu email pelo menos me responda, ficarei muito feliz em poder trocar algumas ideias com vc, 2bjs”

R:  Essa é dificil hein, “Dar pra ele ou dar para outro e suprir sua  necessidade?”, de para outro, claro (depois te passo meu telefone e esse outro poderá ser eu, rs), se o sujeito não consegue nem pagar um motel para vocês se “amarem” vai fazer o que com ele? Mas fique tranquila minha deusa, me procure que o dinheiro do vinho e do quarto eu garanto e o prazer é claro, será todo meu.

 

 

Email 3:

“Olá Cafa querido, sou super sua fã, sempre leio a sua coluna e me identifico com a maioria das mulheres que escrevem para você e indico para todas as minhas amigas :)

Então minha dúvida é a seguinte.. tenho 27 anos e moro numa cidade de interior, onde todo mundo conhece todo mundo, casei meio cedo, quando tinha 22 anos, eramos apaixonados transavamos quase todo dia, e no dia que não rolava ficavamos loucos.. hehehe, mas depois de uns 2 anos pra cá começou a esfriar nosso casamento, não tenho filhos e nada.

No começo desse ano um “AMOR ANTIGO” reapareceu na minha vida, acho que sempre gostei dele, ficamos  algumas vezes quando era solteira, mas como ele era mais novo que eu nunca levei ele a sério, ele queria namorar e tals, mas eu só queria me divertir. 

Então no começo desse ano como já citei começamos a conversar por redes sociais, emails, sms e tals, quase todos os dias trocamos mensagens, e de um tempo pra cá estou com uma vontade louca de transar com ele, por dois motivos.. 1º ele sempre foi bonito, mas agora esta um gato, totalmente diferente do que ele era, e cada vez que nos encontramos não consigo me comportar perto dele. e o 2º tenho muita vontade, pois sei que ele é avantajado e a minha curiosidade esta me matando.

Ele já deu todas as indiretas que quer, só eu escolher a hora e o lugar.

Mas eis a minha dúvida. ficou ou não com ele, pois sou casada, mas meu casamento não está la essas coisas..

Por favor cafa me ajude..

Beijos Valentinna”

R: Meu amor, há uma música de um filósofo inglês chamada “ppks on fire” e elá diz que quando a mulher está o fogo em suas partes baixas ninguém segura, acho que se você quer tanto experimentar o sujeito vá fundo, de duas uma, ele pode ser melhor que o seu atual e você resolve trocar de uma vez (afinal amor de pica, fica!), ou pode ver que não é nada do que estava esperando e volta a cuidar do que está em casa, para saber só dando mesmo. 

 

 

Acredito ser isso por hoje meus amores, para quem não leu o “Na cama com Um cafajeste #7” da semana passada recomendo a leitura, caso você esteja aí sem nada para fazer e deseje ser amada é muito simples, clique AQUI e me envie a sua historia, em breve iremos para a cama juntinhos, beijos molhados nos labios entre vossas pernas e até a próxima semana!

Compartilhe

© Coruja Depressão 2014. Todas as bebidas reservadas.